Release

Djio – batizado como Dionizio Bonfim Bach – sempre gostou de música e artes performáticas. Aos 10 anos carregava um gravador de fitas cassete e ouvia clássicos da MPB e música POP dos anos 70 e 80.

Aos 11 anos, ao participar de festas nas casas de colegas da escola, começou a notar quais eram os discos de vinil que tocavam e quais as músicas que agitavam a pista. Ali nascia um DJ, um curador de repertórios, que ficava observando o movimente e eventualmente arriscava entrar na pista de dança quando tocavam as músicas lentas.

Aos 15 anos, Dionizio participou de um evento que mudou completamente a sua percepção da música. Na discoteca do Resort em que estava hospedado com a família foi onde percebeu a importância do DJ na seleção de repertório e na performance para manter a pista cheia. Neste dia a crisálida se abriu, e foi a primeira vez em que Djio sentiu o poder terapêutico da pista de dança, soltando o seu corpo e respondendo ao chamado de cada ritmo.

Djio passou então de um simples observador das pistas a parte do corpo vivo e pulsante da. A partir de então passou a estudar e praticar as técnicas até criar coragem de se apresentar publicamente. Estreou como DJ em 1991, no seu próprio aniversário de 17 anos, em Florianópolis – SC. Pouco depois já tocava em festas e eventos da cidade. Desde então é muita história e muito som.

A música mudou, e Djio acompanhou. Durante esse tempo tocou muita coisa: Techno, Trance, Progressive House… O tempo passou, e como sempre, as coisas boas permanecem. O bom e velho House recebe novas roupagens (Electro, Filtered, Disco, Funky, …) e ainda é o genêro ao qual se dedica hoje. Buscando sempre a fusão do clássico com as novas tendências, pesquisa ritmos étnicos com preferência aos sons brasileiros, afro e latinos. Seus sets primam pelo bom gosto musical com mensagens de diversão e otimismo pela vida.

Além de discotecar, tem cada vez mais entrado no meio da produção musical. Já faz participações nos CDs das bandas curitibanas Golgotha e Sentido, desenvolveu trilha sonora para o curta ‘Merde’ de Lucila Bach, mantém parceria de produção com Isaac Varzin no projeto Twist-Cola, entre outros.

Em 2002 mudou-se definitivamente para Curitiba onde também é desenvolvedor multimídia e designer, atividades que acrescentam muito ao seu trabalho musical.

Com mais de 35 anos de experiência, Dionizio Bach é um DJ old-school que toca com vinil e mantém um repertório selecionado e sempre atualizado.

Atende diversos estilos musicais desde o Jazz e Blues dos anos 30/40, Rock dos anos 50/60/70, Disco dos anos 70 e os clássicos da música pop dos anos 80/90 até os remixes e lançamentos mais recentes de House e EDM.

Sempre privilegiando a música brasileira, mantém um repertório de música popular e dança de salão, que vai desde a valsa vienense até os ritmos latinos e nacionais como forró e vaneirão.

DJ DJIO tem apenas uma restrição:
NÃO TOCA MÚSICAS VULGARES OU COM LETRAS DESRESPEITOSAS,
de qualquer estilo musical que seja.

Você precisa de um DJ eclético de bom gosto para o seu próximo evento?
Entre em contato e juntos faremos um evento com músicas selecionadas que ajudem a construir uma ambiente de festa com lembranças felizes e memoráveis.

DJIO
Rolar para cima